Fale Conosco! +55 11 2971 5400

Solicite o seu orçamento personalizado

Cinco ensinamentos da logística militar

LinkedBy > Logística  > Cinco ensinamentos da logística militar

Cinco ensinamentos da logística militar

Poucas pessoas sabem. Mas o termo “logística” tem origem na guerra. Criada pelo Barão Jomini, a palavra remete ao conjunto de atividades relacionadas à provisão necessária para a batalha. E isso incluía recursos humanos, materiais e também serviços. Jomini ficou conhecido como Barão da Logística. Para ele, o único lugar na guerra onde não se usava a logística era durante as batalhas.

Suas táticas são muito estudadas e ainda utilizadas nos dias de hoje. O estrategista definiu a logística como elemento de preparação e sustentação de campanhas. E dividiu a guerra em cinco atividades. Estratégia, grande tática, logística, engenharia e tática menor. O barão é considerado uma das maiores personalidades de sua época. E ainda hoje pode nos ensinar muito a respeito de logística. Não somente da logística militar, mas também da logística de distribuição.

Mas o que é a logística militar?

A logística militar obedece a uma série de princípios. É um conjunto de normas que devem ser observados no planejamento e na execução das atividades. Em uma sequência, podemos destacar alguns deles. O objetivo, que também pode ser definido como missão. Continuidade, controle e coordenação que definem o desenvolvimento do trabalho. Além de alguns princípios que determinam a efetividade do processo. Podemos citar: economia de meios, flexibilidade, interdependência e objetividade. Sem esquecer da oportunidade, prioridade, segurança e simplicidade. E por último, a unidade de comando.

Três fases são muito importantes na logística militar. A determinação das necessidades, a partir da análise do plano, das ações e da operações previstas. A obtenção, que é a fase onde são identificadas as fontes. A partir daí são tomadas as medidas para a aquisição e a obtenção dos recursos necessários. E, por último a distribuição. Essa fase consiste em fazer chegar aos usuários os recursos fixados na primeira necessidade. Por isso mesmo, a determinação das necessidades é a base das outras.

Logística militar e logística de distribuição: o que podemos aprender?

  1. Planejamento para atendimento das necessidades – A base da logística militar é o atendimento das necessidades. O planejamento das ações, visando o controle, o armazenamento e a utilização de recursos. Em um campo de batalha é necessário dispor de recursos, sabendo armazená-los, obedecendo padrões específicos. Também é preciso separar o que é material salvo e capturado, determinando a correta destinação de cada um. Se aplicados na logística de distribuição, esse conceito leva à organização e planejamento de produtos e materiais, otimizando os processos e diminuindo prazos.
  2. Continuidade das ações – Um dos princípios da logística militar é a continuidade de ações. Esse encadeamento ininterrupto das atividades assegura uma sequência lógica para as fases do trabalho. Aplicado na logística de distribuição, garante a assertividade em todas as etapas do serviço. Ganha-se em tempo, produtividade e organização.
  3. Flexibilidade – Campos de batalha exigem mudanças drásticas de posturas e estratégias. Contratempos podem ocorrer em qualquer tipo de segmento e não é diferente em armazéns e centros de distribuição. O que exige a adoção de soluções alternativas imediatas. Essa flexibilidade, comum na logística militar, é muito útil também nos setores de distribuição.
  4. Segurança – Segurança é um elemento indispensável nas organizações. Necessário em qualquer tipo de segmento. Na logística militar representa a garantia do desenvolvimento dos planos elaborados. Independentemente de qualquer situação inesperada. Medidas de segurança são fundamentais para evitar surpresas desagradáveis que possam comprometer o bom andamento do trabalho.
  5. Unidade de comando – Na logística militar, é comum a existência de autoridade e programa únicos para um conjunto de operações com a mesma finalidade. Esse princípio pode definir a padronização dos serviços. Uma cadeia de comando definida leva os conceitos logísticos de uma empresa podem ser melhor cumpridos. Sendo compreendidos e praticados pelos colaboradores em todos os níveis da organização.

O sistema integrado de ferramentas da LinkedBy é a resposta para a logística de distribuição

Não é novidade que a LinkedBy oferece uma gama variada de soluções para o ramo logístico. Mas, ao ler, o artigo, podemos perceber o quanto o seu sistema integrado de ferramentas pode ser útil, determinando a assertividade nos processos logísticos das empresas. As soluções oferecidas pela LinkedBy destacam-se pela eficiência e resultados. Softwares como o Pathfind, o MEM e o Cash Driver têm a medida exata do seu negócio. Agregando eficiência aos trabalhos e lucratividade para empresas dos mais variados segmentos.

Linkedby

marketing@linkedby.com.br

A Control Informática iniciou suas atividades em 1991 desenvolvendo soluções de ERP para o segmento de bebidas e alimentos. A experiência adquirida em mais de 25 anos permitiu profunda sintonia entre a empresa e o mercado resultando em ferramentas que proporcionam alta competitividade e controle aos seus clientes. Como plano de expansão e internacionalização, criou a Holding “LinkedBy” para gerir as empresas de tecnologia que vêm desenvolvendo e adquirindo desde a última década. A LinkedBy dedica-se a desenvolver soluções de otimização e rentabilidade para empresas dos mais diversos segmentos e portes oferecendo ferramentas de planejamento estratégico e tático.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

× Podemos te ajudar?